Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vo(lt)ar

...

por meninapequenina., em 22.02.12

Me confesso a ti silêncio - a ti,que os adultos temem,a ti que eu receio - te digo que estou,não o estando realmente, segura da vida.

Sinto o cheiro do mar a abraçar-me , sinto os palcos a chamarem-me.

Imploro-vos : deixem-me ser não o sendo!

Deixem-me gritar aos ventos que vos amo - sem saber realmente o que é amar.

Deixem as lágrimas secarem com o calor de um sorriso.

Deixem-me estar aqui não o estando.

Reparem,eu não sou silêncio.

Sou fumo.A minha alma é uma névoa que se apodera dos sitios mais longíquos.

Lá por não ouvirem as palavras não quer dizer que não as diga.

 

 

7 comentários

Comentar post