Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Vo(lt)ar

Agora

por meninapequenina., em 05.10.11

As palavras ferem.me a alma.

Quando nasci escreveram.me no sangue que seria alguém eclipsada pelos sonhos.No meu ventre descoberto desenharam.me caminhos estreitos e disseram.me baixinho ao ouvido "Agora a escolha é,só,tua."

Os avisos inúteis escorrem.me nas veias e o riso fresco permanece imperturbável perante o calor de Outono.

Não quererei que me denotem como algo. O júbilo provocado pela minha curta vida torna.me diferente,perante os restantes indivíduos.

Empeçarei aqui uma nova era,caro Narciso,resta.te a ti levares a minha avante e recordares.me com precisão da obstinação com que vivo a vida.

10 comentários

Comentar post